COBOL - Comando RELEASE - www.cadcobol.com.br


Volta a página anterior

Volta ao Menu Principal


Desenvolvido por DORNELLES Carlos Alberto - Analista de Sistemas - Brasília DF. - cad_cobol@hotmail.com

RELEASE

O comando RELEASE é usado dentro do contexto do SORT INPUT PROCEDURE para liberar registros no processo de classificação.

Os dados liberados são movidos para um arquivo de SORT associado com record-name-1.

Se a clásula FROM for incluída, o identifier-1 ou literal-1 é copiado para record-name-1 antes da liberação do registro de dados para a classificação.

Dentro de um INPUT PROCEDURE, pelo menos uma instrução RELEASE deve ser especificada.
Quando a instrução RELEASE é executada, o conteúdo atual do record-name-1 é colocado no arquivo de classificação.
Isso torna o registro disponível para a fase inicial da operação de classificação.

record-name-1
É necessário especificar o nome de um registro lógico em uma entrada de descrição de arquivo de mesclagem de classificação (SD).
record-name-1 pode ser qualificado.

FROM phrase
O resultado da execução da instrução RELEASE com a frase identifier-1 FROM é equivalente à execução das instruções a seguir na ordem especificada.
MOVE o identifier-1 para gravar-nome-1 . RELEASE record-name-1 .

identifier-1
O identifier-1 deve fazer referência a um dos seguintes:
  • Uma entrada na WORKING-STORAGE SECTION, na LOCAL-STORAGE SECTION ou na LINKAGE SECTION
  • Uma descrição do registro para outro arquivo aberto anteriormente
  • Uma função alfanumérica ou national.

O identifier-1 deve ser um item de envio válido com o record-name-1 como o item de recebimento, de acordo com as regras da instrução MOVE.

identifier-1 e record-name-1 não devem se referir à mesma área de armazenamento.

Depois que a instrução RELEASE é executada, as informações ainda estão disponíveis no identifier-1 .
(Veja as frases INTO e FROM em INTO and FROM phrases em "Common processing facilities".)

Se a instrução RELEASE for executada sem especificar a entrada SD para o file-name-1 em uma cláusula SAME RECORD AREA, as informações no record-name-1 não estarão mais disponíveis.

Se a entrada SD for especificada em uma cláusula SAME RECORD AREA, o record-name-1 ainda estará disponível como um registro dos outros arquivos nomeados nessa cláusula.

Quando FROM identifier-1 é especificado, as informações ainda estão disponíveis no identifier-1.

Quando o controle passa do INPUT PROCEDURE, o arquivo de classificação consiste em todos os registros colocados nele pela execução de instruções RELEASE.